Segundo turno no Rio de Janeiro: Eduardo Paes tem 53%, e Crivella, 28%, aponta Ibope

·3 minuto de leitura
Eduardo Paes e Crivella irão ao 2º turno, segundo pesquisa Ibope boca de urna. (Foto: Reprodução/Yahoo Notícias)
Eduardo Paes e Crivella irão ao 2º turno, segundo pesquisa Ibope boca de urna. (Foto: Reprodução/Yahoo Notícias)

O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (25), uma pesquisa de intenção de voto para o segundo turno para a Prefeitura do Rio de Janeiro que aponta o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), com 53%, e atual prefeito e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos), com 28%.

Confira a pesquisa Ibope para o segundo turno no Rio de Janeiro:

  • Eduardo Paes (DEM): 53%

  • Marcelo Crivella (Republicanos): 28%

  • Branco/nulo: 16%

  • Não sabe/não respondeu: 3%

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O levantamento, encomendado pela TV Globo, tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidos 1.001 eleitores da cidade do Rio de Janeiro entre os dias 23 e 25 de novembro.

A pesquisa, registrada na Justiça Eleitoral no número RJ-02253/2020, tem nível confiança de 95%. Isso significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral se considerada a margem de erro.

Leia também

Nos votos válidos, quando são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os indecisos, Paes tem 65% e Crivella 35%. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Na pesquisa espontânea — quando não há a apresentação dos nomes dos candidatos aos eleitores — o resultado foi o seguinte:

  • Eduardo Paes: 47%

  • Marcelo Crivella: 25%

  • Outros: 1%

  • Branco ou nulo: 18%

  • Não sabem ou preferem não opinar: 9%

A soma dos percentuais pode não totalizar 100% em decorrência de arredondamentos.

Eleições no Rio de Janeiro

Segundo maior colégio eleitoral do Brasil com praticamente 5 milhões de eleitores aptos, o Rio de Janeiro viverá a disputa de um ex-prefeito contra o atual mandatário da cidade, protagonizada por Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos).

Paes, ex-prefeito da capital do Rio, teve problemas com sua candidatura antes de oficializá-la, mas nas pesquisas esteve sempre na liderança para o primeiro turno, no qual terminou com 37.01% dos votos válidos.

Já o atual prefeito Crivella teve uma campanha bem apagada, ameaçada em alguns poucos momentos por Martha Rocha (PDT) e Benedita da Silva (PT). Após chegar a 21,9% dos votos válidos, ele tenta agora mais quatro anos à frente da prefeitura.

Eleições municipais em todo país

As Eleições 2020 moveram praticamente todo país neste domingo. Por conta do coronavírus, essa foi uma eleição diferente, com horários estendidos e mais critérios de segurança sanitária.

Uma questão que levanta muitas dúvidas ao longo processo é o famoso coeficiente eleitoral. Bem resumidamente, é a divisão do número de eleitores pelo número de vagas (nós explicamos com detalhes AQUI). Cada cidade, então, tem seu coeficiente eleitoral.

Caso não esteja presente na cidade onde você está apto para votar, é possível justificar seu voto. Para saber como, siga nosso guia clicando AQUI.

O que faz um prefeito?

O Estado se divide em três poderes o Executivo, Legislativo e Judiciário, e o prefeito é o chefe do Poder Executivo. Ou seja, é responsabilidade do prefeito administrar a cidade que exerce suas funções. Para mais detalhes da função CLIQUE AQUI e para saber quanto ganha um prefeito, CLIQUE AQUI.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos