Seguranças da CPTM vão usar câmeras no uniforme

SÃO PAULO, SP, 15.07.2021 - Movimentação nas linhas 7 e 8 na estação Luz, no centro de São Paulo. Seguranças da CPTM vão usar câmeras no uniforme. (Foto. Zanone Fraissat/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 15.07.2021 - Movimentação nas linhas 7 e 8 na estação Luz, no centro de São Paulo. Seguranças da CPTM vão usar câmeras no uniforme. (Foto. Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) anunciou a compra que 160 câmeras que serão acopladas aos uniformes de agentes que fazem a segurança de trens e estações.

A intenção de compra faz parte de um edital publicado na edição desta terça-feira (31) do Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Segundo o texto, além das 160 câmeras, serão adquiridas 12 estações para o download de imagens.

Em nota, a empresa disse que o orçamento, conforme previsto em edital, é sigiloso nesta fase do processo, a" fim de incentivar a disputa entre os licitantes".

A sessão pública está programada para ocorrer no próximo dia 13 de junho.

De acordo com a companhia estatal, com as câmeras corporais será possível ter acesso à filmagem completa de uma ocorrência sob o ponto de vista do agente, com informações mais precisas para auxiliar investigações policiais.

No Metrô de São Paulo, seguranças já usam o equipamento de filmagem desde agosto de 2020. Na época foram comprados 350 câmeras, ao custo de R$ 400 milhões.

Os agentes precisaram passar por treinamento específico. No caso do metrô, os dispositivos têm capacidade de gravar e fotografar em alta definição.

Ainda no caso do metrô, para usar o dispositivo é preciso apertar um botão para iniciar a gravação, que imediatamente passa a arquivar a filmagem de um minuto antes até o momento em que é desligada pelo segurança.

O acervo da câmera é protegido com criptografia de alta segurança e não pode ser acessado pelo agente que a utilizou, para que não haja manipulação das imagens, segundo o Metrô.

Questionado, a estatal não informou quantas vezes os equipamentos foram usados desde a implantação nos uniformes dos seguranças.

Desde 2019, parte dos policiais militares também usam câmeras acopladas nos uniformes. As medidas implementadas pelo Governo de São Paulo para redução da letalidade policial, entre as quais o uso de dos equipamentos de gravação, levaram a uma queda de 36% no número de pessoas mortas em supostos confrontos no estado de São Paulo em 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos