Seis brasileiros são presos em investigação sobre ataque que matou filha de governador na fronteira com o Paraguai

A Polícia do Paraguai prendeu nesta segunda-feira seis brasileiros suspeitos de envolvimento no ataque a tiros que matou a filha do governo de Amambay, no Paraguai, e outras três pessoas na manhã de sábado. O crime ocorreu em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul.

Segundo a emissora paraguaia ABC, os suspeitos foram identificados como Hywulysson Foresto; Juares da Silva; Luis Fernando Armando e Silva Simões; Gabriel Veiga de Sousa; Farley José Cisto da Silva Leite Carrijo e Douglas Ribeiro Gomes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos