Seis detentos fogem de Cadeia Pública de Manaus durante a madrugada

Bianca Paiva - Correspondente da Agência Brasil

A Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa tinha sidoi reaberta em janeiroMarcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

Seis detentos fugiram na madrugada de hoje (24) da Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus. Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) disse que os presos escaparam por uma grade serrada ao lado de uma das guaritas da unidade que estava desmontada no momento da fuga.

“A Polícia Militar [PM} do Amazonas já está apurando a conduta dos militares que deveriam estar na guarita”, informou o órgão.

A Cadeia Pública de Manaus estava desativada desde outubro do ano passado, por recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Entretanto, foi reaberta para abrigar detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), após a rebelião do dia 1º de janeiro, em que morreram 56 internos. Na semana passada, o Ministério Público Federal no Amazonas entrou com ação na Justiça pedindo o envio urgente da Força Nacional de Segurança Pública à Cadeia Pública. O órgão argumenta que as condições do presídio são precárias e lembra que uma rebelião no local, no dia 8 de janeiro, resultou na morte de quatro detentos e na fuga de 14.

Fuga

Quatro presos foram recapturados após perseguição da Polícia Militar. “Os policiais estavam numa viatura que se encontrava fazendo policiamento em frente à Cadeia Pública, quando escutaram estampidos de tiro oriundos da parte interna da unidade. Instantes depois, um veículo passou pelos policiais em alta velocidade, quando os policiais deram início a uma perseguição”, explicou a PM, também em nota.

Ainda segundo o comunicado da PM,  os policiais cercaram os foragidos, deixando o condutor do veículo sem possibilidade de fuga, o que o fez perder a direção do carro, que caiu em uma vala. “Os foragidos deixaram o veículo, tentando fugir a pé. Um deles, identificado como Janderson Rolim Matos, de 29 anos de idade, apelidado de Passarinho, chegou a atirar contra os policiais, ocasionando o revide. O preso acabou baleado, e os demais foram detidos.”

O detento baleado foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. O homem que conduzia o veículo foi preso por ajudar na fuga. Os dois detentos que estão foragidos têm 32 anos e respondem pelos mesmos crimes: porte ilegal de arma de uso proibido, furto e formação de quadrilha.