Seleção polonesa viajou para o Catar escoltada por aviões caças produzidos na guerra fria

Dois dias após a queda de um míssil no leste da Polônia, próximo à fronteira com a Ucrânia, que causou a morte de duas pessoas, a seleção polonesa embarcou para o Catar rumo à Copa do Mundo escoltada por dois aviões caças do tipo F-16. A saída da delegação e a escola dos pilotos foi feita pela base aérea de Krzesiny no fim da manhã desta quinta-feira.

Catar 2022: repórter dinamarquês é impedido de gravar durante entrada ao vivo; veja vídeo

Leia também: Ditadura, mulheres, população LGBQTIA+, trabalho escravo: entenda as polêmicas na Copa do Catar

Nas redes sociais, a seleção polonesa comemorou a parceria com as forças militares do país e exaltou os pilotos.

— Fomos escoltados até a fronteira sul da Polônia por aviões F16! Obrigado e saudações aos pilotos, queridos e também torcedores da seleção — escreveram.

‘Achei que seria roubado’: conheça o lateral português que confundiu olheiro com assaltante

Secretário-Geral da Federação Polaca de Futebol, Łukasz Wachowski também agradeceu aos pilotos da força aérea da Polônia pela gentileza.

— Vai Polônia! Gostaríamos de agradecer aos pilotos da base aérea de Krzesiny — declarou.

Copa do Catar: Saiba as seleções que mais renovaram seus convocados do Mundial de 2018 para o de 2022

No Grupo C da Copa junto de Argêntina, Arábia Saudita e México, a Polônia estreia na próxima terça-feira, às 13h, contra o México.

Veja os convocados da seleção polonesa:

Goleiros: Wojciech Szczesny (Juventus-ITA), Lukasz Skorupski (Bologna-ITA) e Bartlomiej Drągowski (Spezia-ITA)

Defensores: Kamil Glik (Benevento-ITA), Bartosz Bereszyński (Sampdoria-ITA), Jan Bednarek (Aston Villa-ING), Artur Jedrzejczyk (Legia Varsóvia-POL), Matty Cash (Aston Villa-POL), Nicola Zalewski (Roma-ITA), Robert Gumny (Augsburg-ALE), Jakub Kiwior (Spezia-ITA) e Mateusz Wieteska (Clermont-FRA)

Meio-campistas: Grzegorz Krychowiak (Al-Shabab-SAU), Kamil Grosicki (Pogoń Szczecin-POL), Piotr Zielinski (Napoli-ITA), Przemyslaw Frankowski (Lens-FRA), Sebastian Szymanski (Feyenoord-HOL), Damian Szymański (AEK Atenas-GRE), Szymon Zurkowski (Fiorentina-ITA), Krystian Bielik (Birmingham City-ING), Jakub Kaminski (Wolfsburg-ALE) e Michal Skoras (Lech Poznan-POL)

Atacantes: Robert Lewandowski (Barcelona-ESP), Arkadiusz Milik (Juventus-ITA), Krzysztof Piatek (Salernitana-ITA) e Karol Swiderski (Charlotte FC-EUA)