Seleção: Sem adversários da Europa, Brasil encara Coreia do Sul 'europeia'

Son Heung-min é o rosto e o coração da seleção da Coreia do Sul. Difícil é dizer que se trata de um jogador que representa o futebol sul-coreano. Deixou Seul aos 16 anos e construiu carreira, desde as categorias de base, na Europa. Primeiro na Alemanha, com as camisas de Hamburgo e Bayer Leverkusen. Há sete anos é destaque do Tottenham, da Inglaterra. Son, futebolisticamente falando, é europeu.

Quem vem forte: Temporada na Europa destaca renovação francesa e força do Brasil para Copa do Catar

Na impossibilidade de encarar seleções da Europa antes da Copa do Mundo do Catar, o Brasil terá no amistoso de quinta-feira, às 8h (de Brasília), certa dose de futebol do Velho Continente. Son Heung-min traz para dentro da seleção da Coreia do Sul um pouco desse alto nível europeu que a equipe treinada por Tite tanto procura.

Dúvida: Neymar deixa treino da seleção com dores; atacante perdeu quase metade dos jogos deste ciclo, a maioria por lesão

No banco de reservas, quem pensa o jogo da seleção sul-coreana há quatro anos é um português. Paulo Bento, conhecido no Brasil pela passagem meteórica pelo Cruzeiro, em 2016, leva as ideias da Europa para o país asiático desde 2018. Treinou a seleção de Cristiano Ronaldo na Euro de 2012 e na Copa do Mundo de 2014. Agora, será o treinador da Coreia do Sul no Catar.

Seleção: Entenda como Vini Jr. acelera migração tática de Neymar antes da Copa

Paulo Bento gosta de escalar a Coreia do Sul com uma linha de quatro defensores. Do meio para frente, mescla a formação. Às vezes com dois, às vezes com três atacantes. O que não tem variado tanto é o quarteto ofensivo, todo ele formado por jogadores que atuam na Europa.

Além de Son, a Coreia do Sul costuma jogar com Hwang Ui-jo, atacante do Bordeaux, da França, desde 2019, Hwang Hee-chan, atacante do inglês Wolverhampton, na Europa desde 2015, e a jovem promessa Jeong Woo-yeong, de 22 anos, meia formado nas categorias de base do Bayern de Munique. É o que o Brasil tem para hoje, em termos de adversários europeus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos