Sem Bolsonaro, quem entrega faixa para Lula? Saiba detalhes

Jair Bolsonaro não estará no Brasil quando o presidente eleito Lula assumir o cargo no dia 1º de janeiro

Jair Bolsonaro não estará na posse de Lula (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Jair Bolsonaro não estará na posse de Lula (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
  • Presidente Jair Bolsonaro não estará no Brasil quando o presidente eleito Lula assumir o cargo no dia 1º de janeiro;

  • Mourão já disse que não fará a função de Bolsonaro;

  • Ritual da entrega da faixa é regulamentado por um decreto de 1972.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) não participará da posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no dia 1º de janeiro de 2023, e, portanto, não entregará a faixa presidencial ao petista.

Segundo o jornalista Igor Gadelha, do portal Metrópoles, o atual chefe do Executivo viajará em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) para os Estados Unidos até sexta-feira (30). Com isso, quem ficará encarregado de passar o adereço a Lula?

Sem Bolsonaro, que não admite que perdeu a disputa presidencial que ocorreu em outubro, o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos), eleito senador pelo Rio Grande do Sul, afirmou que não fará essa função, “Não sou presidente e não vou botar a faixa em Lula”, disse ele em entrevista ao jornal Valor Econômico em novembro.

Existe a possibilidade de Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado e do Congresso Nacional, entregar a faixa presidencial ao presidente eleito, informou a coluna da jornalista Malu Gaspar, do jornal O Globo.

Por lei, cabe ao presidente do Congresso abrir a sessão solene, e entregar ao presidente eleito e ao vice o termo de posse para que assinem. A previsão é de que, no evento, Pacheco discurse logo depois de Lula.

Outras opções também estão sendo discutidas pelos integrantes da equipe que organiza a cerimônia de posse.

Uma delas, ainda segundo a jornalista Malu Gaspar, é a faixa ser entregue por Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara; por um cerimonialista; ou por um grupo de pessoas representando diversos setores da sociedade brasileira.

Em 2003, Lula recebeu a faixa das mãos de FHC e, em 2011, entregou o item para sua sucessora, Dilma Rousseff.