Sem citar candidatos, Tebet garante que estará em palanque no 2º turno

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Simone Tebet não citou nomes de outros candidatos, mas falou em apoiar aquele o que apoiar a democacria e lutar contra a desigualdade (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Simone Tebet não citou nomes de outros candidatos, mas falou em apoiar aquele o que fortalecer a democacria e lutar contra a desigualdade (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Resumo da notícia

  • Simone Tebet disse que estará em palanque, caso não vá ao segundo turno

  • Pré-candidata do MDB não citou nomes de candidatos, mas reforçou que apoiará aquele que lutar pela democracia e contra a desigualdade

  • Tebet tem entre 1% e 2% das intenções de voto

Simone Tebet (MDB), pré-candidata à presidência da República, garantiu que, caso não vá ao segundo turno das eleições, estará em um palanque. Sem citar nenhum outro candidato, afirmou que pretende estar com aquele que defender a democracia.

Segundo Tebet, ela não estará acompanhando o resultado da eleição em frente a televisão e apoiará o candidato que tiver propostas para tirar o Brasil da situação de um dos países mais desiguais do mundo.

"Eu posso dizer o que não vou fazer: eu não estarei assistindo na sala, na frente de uma televisão. Eu vou estar em um palanque eleitoral, defendendo a democracia e defendendo as propostas de país que possam efetivamente tirar o país dessa vergonhosa estatística de ser um dos países mais desiguais do mundo", declarou.

A declaração foi feita durante uma entrevista ao portal g1, com a jornalista Renata Lo Prete.

Simone Tebet tem entre 1% e 2% nas pesquisas de intenção de voto, enquanto o ex-presidente Lula (PT) aparece como favorito nos levantamentos, variando de 42% a 48% das intenções. Em segundo lugar, aparece Jair Bolsonaro (PL).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos