Sem citar nomes, Renan diz que alguns depoentes da CPI vão passar de testemunhas a investigados

·1 minuto de leitura
BRASÍLIA, DF, 1.06.2021: O senador Renan Calheiros (MDB-AL) - CPI da Covid ouve nesta sexta-feira (11) o depoimento da pesquisadora da USP Natalia Pasternak, também presidente do IQC (Instituto Questão de Ciência), e do médico sanitarista Claudio Maierovitch, da Fiocruz Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASÍLIA, DF, 1.06.2021: O senador Renan Calheiros (MDB-AL) - CPI da Covid ouve nesta sexta-feira (11) o depoimento da pesquisadora da USP Natalia Pasternak, também presidente do IQC (Instituto Questão de Ciência), e do médico sanitarista Claudio Maierovitch, da Fiocruz Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Durante sessão da CPI da Covid, nesta sexta-feira (11), o relator Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou que algumas autoridades que já prestaram depoimento à comissão vão passar para a condição de investigados. O relator, no entanto, não citou nomes.

"Eu queria aproveitar também a oportunidade para comunicar que nós estamos ultimando estudos para evoluirmos de fase na investigação", afirmou.

"A partir de agora, nós vamos, com relação a algumas pessoas que por aqui já passaram, tirá-las da condição de testemunha e colocá-las definitivamente na condição de investigados para, com isso, demonstrar a fase seguinte do aprofundamento da nossa investigação", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos