Sem indicar que comparecerá, Bolsonaro estimula protesto contra o STF em 1°de maio

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro estimulou neste sábado o comparecimento de apoiadores em protestos contra o Supremo Tribunal Federal marcados para este domingo, 1° de maio, em algumas cidades do país. O titular do Planalto, porém, não indicou se participará dos atos. O presidente vem sendo aconselhado a não ir à manifestação para não elevar a tensão com o Judiciário.

Ao discursar na abertura da ExpoZebu, evento de pecuária realizado em Uberaba (MG), Bolsonaro disse que os atos não são para “protestar”, mas que dizer que “todos joguem dentro das quatro linhas da Constituição”.— Tenho certeza que esse Brasil verde e amarelo que eu estou vendo aqui veio para ficar. Dizer a todos vocês que, porventura, irão às ruas amanhã não para protestar, mas para dizer que o Brasil está no caminho certo, que o Brasil quer que todos joguem dentro das quatro linhas da Constituição e dizer que não abrimos mão da nossa liberdade. Amanhã não será dia de protesto, será dia de união do nosso povo para um futuro cada vez melhor pra todos nós — disse Bolsonaro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos