Sem 'interferências políticas'

O procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, declarou nesta segunda-feira que não deve realizar uma investigação criminal envolvendo o ex-presidente Barack Obama e seu ex-vice-presidente Joe Biden. Donald Trump declarou repetidamente, sem apresentar evidências, que os dois políticos 'conspiram' contra seu governo.