Sem movimento dos braços, brasileira vira maquiadora usando a boca

Desde criança, a mineira Clélia Rodrigues, já demonstrava habilidade com atividades ditas "manuais": escrever, colocar a linha na agulha, desenhar… Só que tem um detalhe: ela não usa as mãos. Não porque não as tenha, mas devido a uma condição que a faz não conseguir movimentar os braços. Muito do que normalmente se faz com a mão, Clélia, hoje com 27 anos, faz com a boca. Uma dessas atividades até virou profissão: a maquiagem. Com pincéis e lápis na boca, ela delineia, esfuma e contorna com uma habilidade que impressiona clientes e seguidores nas redes sociais. "Seu trabalho é incrível, arrasa demais", comentam seguidores. Clélia nasceu com contraturas em diversas articulações pelo corpo - as pernas, levantadas para cima, eram grudadas na cintura; os pés ficavam em contato com as orelhas; e os braços ficavam sempre para baixo, sem movimento. O diagnóstico foi de artrogripose congênita múltipla, um "sinal clínico" de outros problemas de saúde que pode estar associado ao surgimento de mais de 400 patologias. "Me adapto do jeito que posso e não fico pensando 'ai, eu não consigo’”, diz Clélia. Confira no vídeo.