Sem nome há quase dois anos, franquia da NFL promete anunciar nova identidade em fevereiro

·1 min de leitura

O Washington Football Team, franquia da NFL da capital dos Estados Unidos, prometeu divulgar o novo nome e identidade no dia 2 de fevereiro. A equipe de futebol americano vem atuando com a atual nomenclatura provisoriamente desde que abandonou o nome "Washington Redskins" em 2020, sob críticas à carga racista do termo.

Em seu perfil no Twitter, a franquia divulgou um vídeo teaser com pequenos detalhes da nova camisa. Além do nome, uma nova logomarca para a equipe será divulgada. Segundo a postagem, o nome escolhido é uma das opções mais populares entre os torcedores. Um dos nomes cogitados pelos fãs da equipe era "Washington Wolves" ou a variação "RedWolves", remetendo a lobos, mas a opção foi descartada.

— Assim que estudamos esse nome, nos demos conta que haveria um desafio: marcas já registradas por outros times limitariam nossa capacidade de nos apropriarmos desse nome. Sem "Wolves", variações como "RedWolves" não seriam viáveis por essa e outras razões — explicou Jason Wright, presidente da equipe, em comunicado no site oficial.

A equipe adotou o nome "Redskins" quando ainda atuava em Boston, em 1933. O termo "redskin" e o antigo escudo da equipe sofriam fortes críticas por serem encarados como representação e nomenclatura racistas aos povos nativos americanos. A gota d'água para a mudança, selada em junho de 2020, foi uma ameaça da FedEx de cancelar o contrato de naming rights da arena da franquia.

Fora dos playoffs, o Washington Football Team se despede do nome provisório neste domingo, em confronto contra o New York Giants.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos