Melhor engano da vida: sem querer, time de basquete colegial coloca estrelas dos Bucs em chamada de vídeo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Tom Brady
    Tom Brady
    Jogador de futebol americano
Tom Brady e companheiros do Tampa Bay fizeram a alegria de jovens do basquete. Foto: Rey Del Rio/Getty Images
Tom Brady e companheiros do Tampa Bay fizeram a alegria de jovens do basquete. Foto: Rey Del Rio/Getty Images

Quem de nós nunca adicionou um desconhecido em um grupo de texto sem querer? A prática, relativamente comum em tempos de aplicativos de mensagem, geralmente não traz nenhuma surpresa boa para quem adiciona ou é adicionado, a não ser que você seja membro do time de basquete de um colégio em Michigan.

Tudo começou quando a equipe de basquete de um colégio em Pontiac, no estado americano do Michigan, montou um grupo. O jovem responsável por adicionar os colegas errou um dígito de um dos contatos e, ao invés de incluir um dos amigos, o número adicionado foi do cornerback Sean Murphy-Bunting.

Leia também:

Sean defende o Tampa Bay Buccaneers, time de futebol americano da NFL que tem nada mais, nada menos, que o maior jogador de todos os tempos, o quarterback Tom Brady.

“Uma coisa louca aconteceu hoje e eu preciso compartilhar. O time de basquete do meu time na @NDPM_Athletics começou um grupo. Quando adicionavam os números, eles erraram um dos dígitos de um dos colegas. Esse cara aleatório respondeu no grupo ‘vocês queriam me adicionar nesse grupo?’”, contou o pai de um dos garotos, o usuário @pjwhalen16, pelo Twitter.

“Os garotos falaram ‘sim, se você é o XXXX.’ O cara respondeu, ‘não, é o Sean. Vocês abe quem eu sou?’ Claro que eles pensaram que era o colega brincando com eles. Após algum tempo, o cara respondeu ‘é o @seanhunting’, e enviou uma selfie no vestiário dos Bucks”, completou.

“Alguns dos meninos continuaram achando que o colega estava brincando e outros estavam tipo ‘o que está acontecendo?’. Uns diálogos engraçados aconteceram no grupo, e tudo o que eu escutava era meu filho rindo muito, desacreditando totalmente no que estava acontecendo”, contou.

“Aparentemente, nesse ponto, Sean passou o telefone para Leonard Fournette, que começou a andar pelo vestiário e apresentar os meninos para Mike Evans, Rob Gronkowski, Richard Sherman etc”, continuou. “Naturalmente, os garotos ficaram gananciosos, e além de pedirem para os jogadores os ajudarem no Fantasy Football, eles quiserem ver o GOAT (melhor jogador de todos os tempos, em inglês)”, continuou.

“Fournette continuou no Facetime por uns bons dez minutos enquanto Tom Brady terminava uma reunião. Depois que o tempo passou, ele apareceu na tela dizendo ‘e aí, caras?’. Os meninos ficaram doidos”, relatou.

Quando Brady descobriu que os garotos eram de Michigan, local onde cursou a universidade, ele ficou ainda mais animado. O pai do garoto terminou de contar a saga dizendo que os meninos prometeram não vazar o número de Sean e elogiando muito o grupo dos Bucs, que levaram o engano na esportiva e fizeram um bando de adolescentes certamente mais felizes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos