Sem saber que microfone estava ligado, secretário do MS hostiliza repórter em coletiva; veja o vídeo

Filipe Vidon
·1 minuto de leitura

O evento de apresentação do plano de operacionalização da imunização no Brasil, no Palácio do Planalto, rendeu críticas nas redes após Arnaldo Correia de Medeiros, secretário de vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, hostilizar uma repórter do portal Poder 360.

Enquanto aguardava a pergunta da jornalista, Medeiros chamou a repórter de "chata" e "um porre" sem saber que seu microfone estava aberto. O vídeo que circula no Twitter mostra o momento da declaração do secretário, que parece falar sozinho enquanto a jornalista se prepara para fazer uma pergunta.

Após a publicação, internautas repercutiram o comportamento de Arnaldo Medeiros. Um deles considerou um sintoma do "baixo nível desse governo". Outros usuários da rede classificaram o secretário como "despreparado" e "incompetente".

Indicado pelo centrão, Medeiros assumiu o cargo no início de junho deste ano. Ele é mestre em Bioquímica e Imunologia, e é o profissional responsável por acompanhar a disseminação do coronavírus no país e pelo desenvolvimento de ações de prevenção.