Semana será de calor e temporais em boa parte do país

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.09.2021 - Termômetro de rua registra 34º C na avenida Paulista, em SP. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.09.2021 - Termômetro de rua registra 34º C na avenida Paulista, em SP. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil viverá uma semana marcada pelo tempo instável e abafado, segundo o Climatempo.

Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo; parte do Centro-Oeste, principalmente Mato Grosso, Distrito Federal e Goiás; algumas áreas da região Norte, como Amazonas, Pará, Tocantins e Amapá, além de parte do Nordeste, em especial Maranhão, Piauí e áreas do oeste e sul da Bahia, receberão maior volume de chuva e eventos de temporais.

Nesta segunda (23), uma frente fria avançará do Sul e se aproximará do estado de São Paulo. Na terça, o sistema se deslocará lentamente por outras áreas do Sudeste, em direção ao alto mar.

"Só o fato dela passar, e também a formação de uma nova área de baixa pressão perto da costa do Sudeste, vai favorecer a organização de um canal de umidade, que será frequente ao longo da semana, da região Norte para o Centro-Oeste e Sudeste do Brasil", explica a meteorologista do Climatempo, Fabiana Victoria Weykamp.

"Além disso, teremos a atuação de um cavado meteorológico, que é um sistema que potencializa a formação de nuvens carregadas. A junção desses sistemas [frente fria, baixa pressão e o cavado] estimulará a ocorrência de chuvas ao longo dessa semana nessas áreas", diz Weykamp.

Entre o Nordeste e o Norte a atuação é da zona de convergência intertropical. O sistema, que se encontra perto da costa norte da região Nordeste, influencia o Pará e o Amapá, e favorecerá a ocorrência de chuvas com forte intensidade.

Enquanto estiver no Sul, a frente fria favorecerá a ocorrência de pancadas de chuva, principalmente em Santa Catarina e no Paraná. A previsão é de temporais para Curitiba na tarde desta segunda-feira. A partir de terça, o sistema dará lugar ao tempo estável, mas com calor marcante.

A exemplo do que ocorre desde o final do ano passado, o Rio Grande do Sul terá temperaturas muito elevadas nos próximos dias. Em Uruguaiana, os termômetros deverão ficar entre 36ºC a 39ºC, em boa parte da semana. Porto Alegre terá máxima de 33ºC nesta segunda e de 35ºC entre terça e quinta-feira. Na sexta, chegará a 37ºC.

Santa Catarina e Paraná também terão dias com bastante aquecimento, segundo a meteorologista.

MINAS GERAIS E ESPÍRITO SANTO

Minas Gerais e Espírito Santo poderão sofrer com as enchentes e os deslizamentos de terra como consequências da chuva forte que atingirá os estados ao longo da semana.

Em Minas, a previsão é de chuva volumosa até pelo menos até sexta-feira (27). "Minas é um estado muito sensível. Desde o início da primavera do ano passado vem sofrendo com eventos extremos de chuva. O estado terá fortes temporais, inclusive a Grande Belo Horizonte. O solo vai ficando encharcado e como essa chuva será frequente ao longo da semana trará alto risco de deslizamento de terra", alerta Weykamp.

"Vamos ter muitas notícias de alagamentos, enchentes e deslizamentos de terra", afirma a especialista.

RIO DE JANEIRO E SÃO PAULO

"O estado do Rio de Janeiro deverá ter muitos temporais também. Na segunda, o dia será de sol e calor, mas aumentam as condições de chuva a partir da tarde. A frente fria que se desloca do sul do Brasil se aproxima, tem transporte de umidade e fatores que contribuirão para chuva forte. No estado do Rio, o pior da chuva será entre segunda e quarta-feira.", alerta a meteorologista.

O início da semana no Rio será bastante quente, com máxima prevista de 34ºC para esta segunda-feira e 29ºC entre terça e quarta.

Apesar do sol e calor, São Paulo terá pancadas de chuva a partir da tarde desta segunda, com potencial de temporais principalmente na capital. "Segunda será um dia bem propício para a formação de alagamentos, em especial a partir do meio da tarde e durante à noite."

Na terça, os temporais vão se concentrar mais pelo norte do estado de São Paulo e Vale do Paraíba. Entre quarta e sexta-feira, a chuva diminuirá.

Nesta segunda, a cidade de São Paulo seguirá com a tendência de dia quente —máxima de 30ºC. "Como vai passar essa frente fria e teremos uma mudança na direção do vento, entre segunda e terça o calor vai reduzir um pouco. Na terça, a temperatura ficará na casa dos 27ºC. De forma geral, na região Sudeste o tempo deverá ficar abafado e não há perspectiva de períodos frios ao longo da estação", explica Weykamp.

Quem estiver nas áreas rurais e litorâneas, principalmente, deve ficar atento com a incidência de raios. Evite campos abertos, praias e piscinas. Busque refúgio em locais baixos —nunca sob árvores—, fique longe de portas e janelas; não use telefone e nem eletrodomésticos.