"Sempre vou ser uma voz que representa a feminista", diz Duda Beat

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Duda Beat no Festival Turá. Foto: Júlia Andrade/Yahoo Brasil
Duda Beat no Festival Turá. Foto: Júlia Andrade/Yahoo Brasil

Resumo da notícia:

  • Duda Beat se destacou entre as atrações da primeira edição do Festival Turá

  • Em conversa com o Yahoo, cantora comentou sobre sua representatividade no palco

  • Pernambucana ainda exaltou a importância de reconhecer suas origens

Atração do primeiro dia do Festival Turá, Duda Beat chegou literalmente brilhando ao palco do Auditório do Parque Ibirapuera, em São Paulo, com um look vibrante - muito semelhante ao macacão da Capitã Marvel - e fez o anoitecer ser abençoado pelo tom tão característico de sua voz pernambucana.

Com uma tímida manifestação política ao deixar o público xingar o presidente Jair Bolsonaro (PL), a cantora reafirmou sua representatividade no empoderamento feminino e na origem nordestina sem negar suas raízes. "Bichinho", "Tangerina" e o mais recente "Dar uma Deitchada" estão entre os destaques da apresentação, além das bailarinas que despertam a dançarina cheia de sensualidade que existe dentro da artista.

Nos bastidores do pós-show, a cantora abriu o coração ao Yahoo sobre a importância de usar a arte como forma de se empoderar e representar outras mulheres. "Eu sou uma voz da minha geração. Não sinto isso como uma responsabilidade, mas como uma naturalidade mesmo. Eu sou uma pessoa política, falo de política desde sempre e não tem como não falar sobre isso", afirmou ela, que é parte do time de artistas que participa do novo jingle da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Em meio a recentes casos envolvendo o regresso da liberdade da mulher na sociedade, marcados pela gravidez de uma garota de 11 anos e o caso de estupro sofrido pela atriz Klara Castanho, Duda reforça a necessidade de falar sobre o assunto. "A gente está vivendo muitas coisas relacionadas ao aborto, ao direito das mulheres e quanto mais a gente falar, tocar nessa tecla, mais a gente se fortalece como um todo. Se depender de mim, sempre vou ser uma voz que representa a feminina e a feminista", declarou.

Natural de Recife, em Pernambuco, a cantora não deixa de lembrar suas raízes quando sobe ao palco e fez questão de ressaltá-las após se apresentar no Festival Turá. "É uma emoção cantar minha terra, estar nos festivais e ser conhecida pelo meu trabalho sem ter que abrir exceção, porque eu faço o que quero na minha música e isso é maravilhoso. Tenho uma liberdade muito incrível", disse.

"Se eu não colocasse nada do Nordeste, não seria eu. Então, eu só sinto que estou praticando a minha verdade nas minhas canções, não só na letra, mas nos ritmos e em tudo que eu trago e essa homenagem que faço a minha terra a todo tempo", completou ao dizer que não tem como separar a vida pessoal da profissional, já que sua formação musical é nordestina e cresceu ouvindo música de sua região.

Sobre o Festival Turá

O Festival Turá entregou o line-up de brasilidades que o adorador de música nacional precisava. Isso porque o evento fez jus ao conceito de mistura, presente no nome, com grandes artistas como Duda Beat, Nando Reis, Jão, Alceu Valença, Emicida, Lagum e Baco Exu Do Blues no palco do Auditório do Parque Ibirapuera, em São Paulo, além de DJs de diversas regiões do país, intercalando com as apresentações.

O Yahoo esteve lá e notou que, diferente do "hype" do Lollapalooza, o clima do Turá era com foco principal nas atrações: quem foi é porque queria ouvir a voz dos seus cantores favoritos ao vivo. Servir looks, se embebedar e "dar close" no rolê foram propósitos ofuscados pela intenção de curtir o som e cantar sem medo de ser feliz, na companhia dos amigos, de um amor ou de alguém que acabara de conhecer ali. Clique aqui para saber tudo sobre o final de semana de shows.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos