Senado deve barrar Eduardo Bolsonaro como embaixador

Paola de Orte/Agência Brasil

Em conversa com jornalistas nesta tarde, a senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da CCJ, afirmou acreditar que a indicação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para que seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), deputado federal, se torne embaixador do Brasil nos EUA, não passará pelo Senado.

“Talvez o maior erro dele [Bolsonaro] até agora”, afirmou a senadora.

Tebet acha que a discussão sobre a indicação de Eduardo não prejudica a pauta da reforma da Previdência ou cria crise, mas que se foi “talvez o maior erro do presidente até agora, até porque envolve o próprio filho”.

“Hoje ele corre sérios riscos de mandar [o nome de Eduardo] e ser derrotado”, garantiu.

Segundo a presidente da CCJ do Senado, mesmo senadores mais governistas dividem a opinião de que a declaração de Bolsonaro foi um erro.

“Eu tenho esse sentimento hoje. Alguns colegas com quem conversei, até mesmo sentindo algumas pessoas que defendem o governo com unhas e dentes questionando, e que isso foi um erro”.