Senado: Em SP, França desponta como favorito, com 26%; Janaína Paschoal tem 16%

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Marcio França (PSB) é o candidato ao Senado na chapa de Fernando Haddad (Foto: Divulgação/Governo de São Paulo)
Marcio França (PSB) é o candidato ao Senado na chapa de Fernando Haddad (Foto: Divulgação/Governo de São Paulo)

Márcio França aparece como favorito para ocupar uma vaga no Senado por São Paulo, segundo a pesquisa RealTime Big Data, encomendada pela TV Record. O candidato do PSB, que integra a chapa de Fernando Haddad (PT), tem 26% das intenções de voto.

Em segundo lugar está Janaína Paschoal (PRTB), com 16%. Apesar de ter sido eleita como deputada estadual na onda bolsonarista em 2018, o candidato na chapa de Tarcísio de Freitas (Republicanos), candidato de Jair Bolsonaro (PL) ao governo do estado de São Paulo, tem Marcos Pontes (PL), como postulante ao Senado, com 10%.

A chapa de Rodrigo Garcia (PSDB) ainda não definiu quem será o candidato ao Senado.

O número de eleitores que ainda não decidiram chega a 18%, enquanto outros 19% dizem que pretendem anular ou votar em branco.

Veja o resultado do levantamento

  • Márcio França (PSB): 26%

  • Janaína Paschoal (PRTB): 16%

  • Marcos Pontes (PL): 10%

  • Milton Leite (União Brasil): 4%

  • José Aníbal (PSDB): 3%

  • Aldo Rebelo (PDT): 1%

  • Nise Yamaguchi (Pros): 1%

  • Ricardo Mellão (Novo): 1%

  • Professor Hoc (Podemos): 1%

  • Branco/Nulo: 19%

  • Não sabe/Não respondeu: 18%

Foram ouvidas 2.000 pessoas em 1º e 2 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo SP-06273/2022.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos