Senador dos EUA que criticou gastos com Covid-19 é diagnosticado com a doença

O senador republicano Rand Paul, de 57 anos, é o terceiro membro do Congresso que contraiu o vírus.

O senador republicano Rand Paul, que criticou os gastos emergenciais com coronavírus, tornou-se o primeiro membro do Senado dos Estados Unidos a ser diagnosticado com a Covid-19, informou neste domingo o gabinete do parlamentar do partido do presidente Donald Trump.

Um membro da equipe do legislador indicou que ele estava em quarentena, mas que continuava assintomático.

Enquanto os congressistas americanos trabalham em um pacote de ajuda de vários milhões de dólares para amenizar os efeitos da pandemia na economia do país, Paul votou pelo menos duas vezes contra os fundos de emergência.

Paul, de 57 anos, é o terceiro membro do Congresso que contraiu o vírus. Além dele, dois membros da Câmara de Representantes, Ben McAdams, de Utah, e Mario Díaz-Balart, da Flórida, anunciaram anteriormente resultados positivos.