Senador mineiro defende apoio do PSD a Lula no primeiro turno

O senador Alexandre Silveira (PSD-MG), pré-candidato a um novo mandato, defende que o PSD declare apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda no primeiro turno da eleição presidencial deste ano.

Silveira ocupa o cargo de secretário-geral do PSD nacional. Também é considerado um parlamentar influente dentro do Congresso Nacional, apesar de estar em seu primeiro mandato.

Em discurso ao lado de Lula na noite de quarta-feira em Uberlândia (MG), o senador afirmou:

— Eu quero acalentar a esperança de que o PSD ainda vá com o senhor (Lula) no primeiro turno, se Deus quiser, para ganharmos a eleição no Brasil.

Apesar da fala e da reconhecida influência de Silveira, dirigentes do PSD afirmam que a tendência do partido é optar pela neutralidade com a liberação dos diretórios estaduais para optarem pelo candidato que quiserem na disputa presidencial.

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, tem consultado diretórios estaduais para saber qual deve ser o caminho da legenda na eleição nacional.

Lideranças petistas que mantêm contato constante com Kassab também acreditam que o caminho do PSD deve ser mesmo o da neutralidade porque alguns diretórios do partido têm preferência pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). A neutralidade seria um caminho para evitar um racha no partido.

Lula retomou nesta semana a sua agenda de viagens depois de se recuperar da Covid. Após a visita a Uberlândia (MG), o ex-presidente embarcou para o Nordeste. Nesta quinta-feira, esteve em Natal com Geraldo Alckmin, na primeira viagem ao lado de seu vice para a região. Neste sábado, eles estarão em Maceió. No sábado, Lula e Alckmin cumprem agenda em Aracaju.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos