Senador republicano dos EUA Pat Toomey diz que Trump deveria renunciar

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - O senador dos Estados Unidos Pat Toomey disse que o presidente Donald Trump, do mesmo partido republicano, deveria renunciar após seus apoiadores invadirem o Capitólio em uma agitação que deixou vítimas fatais na semana passada.

Toomey, que até recentemente apoiava Trump, se tornou o segundo senador republicano a pedir a saída do presidente.

"Acredito que o melhor caminho é que o presidente renuncie e vá embora assim que possível", disse ele em entrevista ao programa "Meet the Press" do canal NBC.

Toomey disse que não acreditava que haveria tempo hábil para um impeachment com apenas 10 dias antes do democrata Joe Biden ser empossado como o sucessor de Trump. Ele disse ao programa "State of the Union", da rede CNN, que acreditava que a renúncia era "o melhor caminho para colocar essa pessoa no espelho retrovisor".

A senadora Lisa Murkowski disse na sexta-feira que Trump deveria renunciar e sugeriu que deixaria o partido caso os republicanos não puderem romper com o atual presidente.

O também republicano senador Ben Sasse, um crítico frequente de Trump, disse ao canal CBS News que "definitivamente consideraria" o impeachment pois o presidente "desconsiderou os votos que fez na posse".

(Por Doina Chiacu e Linda So)