Senador trumpista foge do frio do Texas para Cancún e sofre críticas

Extra, com agências internacionais
·2 minuto de leitura

Enquanto milhões de americanos lutam contra uma onda de frio histórica, que já matou mais de 20 pessoas no Texas, a divulgação de imagens de Ted Cruz, senador do Partido Republicano pelo estado, voando para a Cancún com sua família causou revolta entre políticos e nas redes sociais.

O parlamentar republicano de 50 anos foi criticado pelas fotos que mostram o trumpista em uma fila de embarque, em uma sala de passageiros, a bordo de um avião e chegando a um aeroporto no México. Não ficou claro quando as fotos foram tiradas, e o gabinete de Cruz no Senado não respondeu aos questionamentos, segundo a rede Fox News.

A emissora disse que Cruz voou para Cancún com sua família, citando uma fonte republicana não identificada que disse que “as fotos falam por si mesmas”.

As redes sociais e o site oficial de Cruz não mencionaram as fotos. O parlamentar concorreu, sem sucesso, à presidência em 2016.

Horas antes da reportagem da Fox News, começaram a circular nas redes sociais registros que um jornalista afirmou mostrar Cruz voando para a costa caribenha do México, onde as temperaturas estão acima dos 27ºC.

“Acabo de confirmar, o senador Ted Cruz e sua família voaram para Cancún esta noite para passar alguns dias em um resort que já visitaram anteriormente. Cruz parece acreditar que não há muito o que ele possa fazer no Texas pelos milhões de residentes que continuam sem eletricidade/água e estão literalmente congelando”, tuitou o ex-âncora da MSNBC David Shuster pouco depois da meia-noite.

Milhões de texanos ficaram paralisados por falta de energia e de água após uma tempestade de inverno, com temperaturas congelantes que atrapalharam os esforços para restaurar a energia total.

Com 2,7 milhões de famílias no Texas ainda sem aquecimento, os governantes alertaram para um efeito dominó na infraestrutura, já que a falta de energia cortou o abastecimento de água, prejudicou a capacidade dos hospitais de tratar pacientes com Covid-19 e isolou comunidades vulneráveis com estradas congeladas.