'Senna': Vicente Amorim, de 'A princesa da Yakuza', irá dirigir série sobre Ayrton Senna

O brasileiro Vicente Amorim, conhecido pelos trabalhos em "O caminho das nuvens" (2003) e "Corações sujos" (2011), foi contratado para dirigir a série "Senna", em desenvolvimento pela Netflix. A produção contará com oito episódios e contará a história do piloto Ayrton Senna (1960-1994).

Giovanna Ewbank chora ao falar de racismo sofrido pelos filhos: 'vai acontecer muitas outras vezes'

'A casa do dragão' e 'Sandman': saiba os lançamentos de séries em agosto no streaming

"Já tive muitos ídolos no esporte, mas apenas um herói: Senna. Eu assisti suas corridas, torci por ele, me inspirei nele e chorei no dia em que ele morreu", lembrou Amorim em comunicado divulgado pela 'Variety'. O diretor tem sido um nome de confiança da Netflix nos últimos tempos. Ele lançou seu último longa, "A princesa da Yakuza" (2021), no streaming da empresa e também dirigiu a série espanhola ainda inédita "Santo".

Anunciado em 2020, o projeto estava indefinido desde 2021, quando o diretor Fernando Coimbra, de "O lobo atrás da porta" (2013), deixou a produção.

Até o momento, nenhum ator foi contratado pela série, embora nomes como Chay Suede tenham sido cotados para o papel do piloto brasileiro tricampeão de Fórmula 1.

Stallone critica 'Drago': 'Nunca quis que os personagens de Rocky fossem explorados por parasitas'

Coprodução entre a Netflix e a produtora brasileira Gullane Entretenimento, "Senna" ainda não possui previsão de lançamento. A trama irá explorar "a intimidade do homem que virou herói nacional e conquistou o mundo", segundo nota oficial da companhia de streaming.

A expectativa é que "Senna" seja um dos maiores investimentos da Netflix na América Latina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos