Sequência do São Paulo pode gerar R$ 5,4 milhões aos cofres do clube

LANCE!
·2 minuto de leitura


Os próximos dias serão agitados para o São Paulo de Fernando Diniz, que tem jogos importantes contra o Binacional, pela Copa Libertadores, na terça, e contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil, no domingo. Somadas, as duas partidas podem gerar uma premiação de R$ 5,4 milhões aos cofres do clube do Morumbi, caso a equipe obtenha sucesso em campo.

TABELA
>Confira como está o chaveamento da Copa do Brasil
>Veja a situação do São Paulo na fase de grupos da Copa Libertadores

Na terça, o São Paulo se despede da Copa Libertadores e cogita a possibilidade de escalar um time misto em campo. A partida, no entanto, vale vaga para a segunda fase da Copa Sul-Americana, o que garantiria ao clube do Morumbi uma premiação de 375 mil dólares (R$ 2,1 milhões na cotação atual) paga pela Conmebol pela participação no torneio continental.

Atualmente, o Tricolor é o terceiro colocado do Grupo D da Copa Libertadores, sem chances de classificação para o mata-mata, mas com possibilidades reais de garantir a vaga na Sul-Americana. Importante ressaltar que todos os terceiros colocados na fase de grupos garante participação na Sula. Para manter o posicionamento e, consequentemente, a bolada da premiação.

No domingo, o jogo mais importante deste mês contra o Fortaleza de Rogério Ceni. Em casa, o Tricolor recebe o Leão do Pici por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil - título inédito para o clube e tratado como prioridade internamente. Se passar de fase, o São Paulo garante R$ 3,3 milhões como premiação da CBF por garantir presença nas quartas de final.

A partida de ida, no Ceará, acabou empatada em 3 a 3. Em caso de nova igualdade no marcador, a disputa irá para os pênaltis já que não há o critério do gol qualificado fora de casa nesta fase da Copa do Brasil. Se vencer, o São Paulo avança de fase, enche seus cofres, e garante um bom dinheiro para a sequência da temporada.