Ser Educacional compra Fael, do Paraná, e dobra número de alunos em cursos de ensino à distância

·1 minuto de leitura

RIO — O grupo Ser Educacional anunciou nesta segunda-feira a compra da Faculdade Educacional da Lapa (Fael), focada em ensino à distância (EAD). Com o negócio, o grupo deve dobrar o número de alunos em EAD, com mais de mil polos

O grupo Ser vai pagar R$ 280 milhões pela Fael, além de R$ 17,5 milhões condicionados a metas de desempenho da instituição. O segmento de ensino à distância está bastante aquecido, impulsionado pela pandemia.

A Fael tem suas operações baseadas em Lapa, no Paraná, e tem 90 mil alunos de graduação e pós-graduação. Seu modelo operacional é baseado na distribuição de cursos via seus mais de 600 polos e conta com sólida capilaridade em municípios com menos de 100 mil habitantes, segundo o comunicado ao mercado.

O negócio tem, portanto, uma complementariedade geográfica. Enquanto a Fael é forte no Sul, Sudeste e Centro-Oeste (67% da base de alunos estão nessas regiões), o Ser tem mais força no Nordeste, o que dará um alcance nacional ao grupo.

Outro ponto destacado no comunicado é a estrutura comercial da Fael. Sua rede de polos parceiros é responsável por cerca de 98% de sua base de alunos. No Ser, os polos parceiros correspondem a cerca de 20% de sua base de alunos. O restante é matriculado via unidades próprias e matrículas online.

Isso muda bastante a estratégia do Ser Educacional. Polos parceiros têm custo de instalação menor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos