'Serei a primeira vice-presidente dos EUA, mas não serei a última", diz Kamala em discurso da vitória

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em seu discurso da vitória, Kamala Harris destacou a importância de ser a primeira mulher a assumir a vice-Presidência dos EUA. Sorridente, ela começou o discurso citando John Lewis, líder dos direitos civis e congressista, morto neste ano. "Lewis escreveu que a democracia não é um estado de coisas, é uma ação. Ela não está garantida, e precisamos lutar por ela. É algo que pede sacrifício, mas há alegria nisso. Temos o poder de construir um futuro melhor", disse. "Quando minha mãe chegou da Índia, ela não podia imaginar esse momento. Mas ela acreditava em uma América em que um momento assim é possível", discursou Kamala. "Joe Biden rompeu uma barreira ao escolher uma mulher como vice-presidente. Eu posso ser a primeira, mas não serei a última a ocupar essa função. Porque cada garotinha desse país está vendo hoje que este é um país de possibilidades.".