Serena x Osaka: veja quem leva vantagem no confronto do Australian Open

O Globo
·2 minuto de leitura

Uma das semifinais do Australian Open será entre Serena Williams e Naomi Osaka e a japonesa tem vantagem no confronto direto por 2 a 1, com destaque para a final tumultuada do US Open de 2018. Mas Serena venceu o duelo mais recente, na temporada de 2019 em Toronto.

Com uma ótima atuação do início ao fim, Serena Williams, de 39 anos e heptacampeã do torneio, garantiu vaga na semifinal do Australian Open ao superar a número 2 do mundo Simona Halep por duplo 6/3 em 1h21 de partida.

A a ex-líder do ranking e atual 11ª do ranking vai disputar sua 40ª semi de Slam e busca a 34ª final. Ela também amplia a vantagem no histórico contra Halep para 10 a 2.

Serena sonha com o 24º troféu de Grand Slam da carreira, marca que a faria igualar a recordista Margaret Court. Desde que levantou seu 23º troféu, a americana já alcançou quatro finais de slam, mas saiu derrotada em todas.

Naomi Osaka, número 3 do mundo, avançou no torneio após vitíoria tranquila contra a taiwanesa Su-Wei Hsieh por duplo 6/2. Osaka alcançou a semifinal de um Slam pela quarta vez na carreira. Nas três oportunidades anteriores, terminou conquistando os títulos (US Open/2018, Australian Open/2019 e US Open/2020).

— Cresci acompanhando Serena, Federer, Nadal. É mais um hábito do que qualquer coisa. Sinto que todos do torneio assistem ela — disse Osaka, sobre sua rival.

Djokovic

Novak Djokovic, que busca o nono título do Australian Open, teve trabalho mas também se garantiu na semifinal da competição. O número 1 do mundo superou o alemão Alexander Zverev, sétimo colocado, em duelo com quatro sets e 3h30 de duração, com parciais de 6/7 (6-8), 6/2, 6/4 e 7/6 (8-6). Vencedor de 17 títulos de Grand Slam, o sérvio de 33 anos disputará sua 39ª semifinal em torneios deste porte.

Ele terá um adversário inédito na próxima rodada em Melbourne. Enfrenta o surpreendente russo Aslan Karatsev, número 114 do ranking. O jogador de 27 anos veio do qualificatório no Australian Open, está disputando a chave principal de um Grand Slam pela primeira vez na carreira e já está na semifinal.

Pelo caminho, derrotou o top 10 argentino Diego Schwartzman, o canadense Felix Auger-Aliassime e o búlgaro Grigor Dimitrov.