Sergey Lavrov acusa o ocidente de "russofobia grotesca"

Para além disso, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia também afirmou que Moscovo "não teve outra escolha senão tomar medidas militares".