Sergio Moro se une a empresário de Roberto Carlos para viajar pelo Brasil

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
O cantor Roberto Carlos ao lado de seu empresário, Dody Sirena, e do ex-ministro Sergio Moro, em dezembro de 2019, em Curitiba
O cantor Roberto Carlos ao lado de seu empresário, Dody Sirena, e do ex-ministro Sergio Moro, em dezembro de 2019, em Curitiba

O ex-ministro Sergio Moro, visando 2022, uniu-se ao empresário de Roberto Carlos, Dody Sirena, para viajar pelo Brasil como palestrante. O ex-juiz federal, famoso por ter condenado o ex-presidente Lula à prisão no âmbito da Operação Lava Jato, terá sua imagem administrada pelo mesmo responsável da imagem do cantor de 79 anos.

Segundo o jornal O Globo, Moro fechou contrato com a Delos Cultural, braço da empresa DC Set, fundada por Dody Sirena, que há 27 anos cuida da carreira de Roberto Carlos.

Leia também

Moro conheceu o empresário em dezembro de 2019, no camarim de Roberto Carlos, durante um show na Ópera de Arame, em Curitiba. Na apresentação, o cantor ofereceu uma salva de palmas ao então ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro.

Em outubro deste ano, Sergio Moro convidou Luciano Huck para um almoço em seu apartamento, na capital paranaense. O objetivo do encontro foi costurar uma aliança para concorrer à Presidência da República em 2022 e derrotar Jair Bolsonaro, caso o atual chefe do Executivo tente se reeleger.

Na reunião, eles teriam acertado a intenção de se unir em uma espécie de “terceira via” para disputar o Palácio do Planalto daqui a dois anos. Como foi uma conversa inicial, não se decidiu quem seria o candidato a presidente e quem seria o vice. A decisão deve sair em 2021.