Sergio Reis depõe à PF e abaixa o tom contra o Supremo Tribunal Federal

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Sergio Reis está internado no hospital desde o dia 24 de agosto (Foto: Reprodução)
Sergio Reis está internado no hospital desde o dia 24 de agosto (Foto: Reprodução)
  • Sérgio Reis mudou o tom e disse à Polícia Federal que nunca teve intenção de atacar ministros do STF

  • Cantor lamentou áudio vazado, que motivou investigação contra ele

  • Sérgio Reis está internado desde 24 de agosto e prestou depoimento por vídeoconferência

O cantor Sérgio Reis prestou depoimento à Polícia Federal por videoconferência, diretamente do hospital, onde está internado desde a última terça-feira (24). Segundo informações do jornal O Globo, Reis mudou o tom e recuou nos ataques feitos contra os ministros do Supremo Tribunal Federal.

Reis negou que tenha participado de atos antidemocráticos. De acordo com fontes ouvidas por O Globo, que acompanharam o depoimento, o cantor afirmou que não tinha intenção de atacar ministros do STF e que conhece pessoalmente Luís Roberto Barroso.

Leia também:

Sobre o a gravação em que ofende os ministros da Corte, que motivou a repercussão contra Sergio Reis, ele lamentou que o áudio tenha vazado.

“Se em 30 dias não tirarem os caras nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser. E a coisa tá séria”, dizia o cantor no áudio.

Na semana passada, o cantor se tornou alvo de uma investigação da Polícia Federal por causa do áudio vazado. Ele convocava os caminhoneiros para uma greve nacional contra os ministros do STF. Em outra parte do áudio, Reis ameaça o Senado e diz que, se a casa não decidisse sobre o impeachment de ministros do STF, pedidos por Bolsonaro, eles iriam “invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra”.

Ao jornal O Globo, o advogado de Sergio Reis, Marcos Montemor, afirmou que não poderia se manifestar, já que a investigação tramite sob sigilo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos