Serial Killer do Paraná é suspeito de mais uma morte

·1 minuto de leitura

RIO - Um quarto assassinato no Paraná pode ter sido cometido pelo serial killer suspeito de ter matado outros três jovens. O crime, que aconteceu no dia 30 de abril, segue o padrão dos demais. O morto, um homem homossexual como as outras vítimas, foi encontrado em sua cama, no apartamento em que morava sozinho, no bairro de Lindoia.

Segundo a Polícia Civil, ele havia sido patrão do suspeito José Tiago Soroka, de 34 anos, até demiti-lo em fevereiro deste ano. Soroka, que as autoridades acreditam ter matado outros três jovens, encontra-se foragido.

Uma vítima, que teria sobrevivido a uma tentativa de agressão do homem e ajudou na sua identificação, disse que o serial killer gosta de se comparar ao Coringa, vilão das histórias em quadrinhos e do cinema.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos