Escócia pede formalmente outro referendo de independência

Londres, 31 mar (EFE).- O governo da Escócia solicitou nesta sexta-feira de forma oficial ao Executivo britânico a permissão para poder realizar um segundo referendo de independência da região, ao considerar que os escoceses devem ter o direito "de escolher seu próprio futuro".

A primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, enviou uma carta a Downing Street, residência e escritório oficial da líder conservadora, Theresa May, para reivindicar um novo referendo perante a saída do país "não só da União Europeia, mas também do mercado único", um desenlace que os cidadãos da Escócia "não votaram". EFE