Serviço de emergência ucraniano denuncia morte de bebê em ataque russo contra maternidade

Um bebê morreu em um ataque russo que atingiu uma maternidade na região de Zaporizhzhia, sul da Ucrânia, informaram nesta quarta-feira os serviços de emergência ucranianos.

"Na madrugada de 23 de novembro, na cidade de Vilniansk, região de Zaporizhzia, o edifício de dois andares da maternidade foi destruído por um ataque com foguetes contra o hospital local", afirmou o serviço ucraniano para situações de emergência em sua conta no Telegram.

"Como resultado do ataque, um bebê nascido em 2022 morreu", acrescentou o serviço estatal.

No local atingido estavam, além do bebê, a mãe da criança e um médico.

A mãe ficou ferida, informou o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, também em sua conta no Telegram.

"O Estado terrorista continua a guerra contra os civis", declarou Zelensky, em referência à Rússia.

"O inimigo decidiu mais uma vez tentar alcançar, com terror e assassinato, o que não conseguiu em nove meses e não vai conseguir", acrescentou Zelensky.

Os serviços de emergência divulgaram um vídeo que mostra o trabalho das equipes de resgate para tentar retirar um homem dos escombros.

A pequena cidade de Vilniansk fica na parte norte da região de Zaporizhzhia, que tem a parte sul ocupada pelas tropas russas desde que Moscou anunciou a anexação do território.

bur/raz/pz/zm/mis/zm/fp