Serviços recuam 0,6% em setembro, após cinco meses seguidos de alta

·2 min de leitura

RIO - Os serviços recuaram 0,6% em setembro após cinco meses seguidos de alta, na comparação com agosto, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE.

Analistas consultados pela Reuters projetavam alta de 0,5% no mês. Com o resultado, o setor ainda ficou 3,7% acima do patamar pré-pandemia.

Os serviços vinham crescendo ao ritmo de 1% ao mês ou mais, entre abril e julho, mas em agosto deu sinais de desaceleração

“O principal impacto negativo nessa queda do setor de serviços veio dos transportes, que foram influenciados pelas quedas no transporte aéreo de passageiros, devido à alta de 28,19% no preço das passagens aéreas, no transporte rodoviário de cargas e também no ferroviário de cargas”, explica o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo.

Perspectivas

Analistas avaliam que o avanço da vacinação contra a Covid-19, que possibilita a ampla reabertura da economia, tende a manter o setor de serviços em trajetória de recuperação.

Em outubro, o Índice de Confiança de Serviços, (ICS) medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) subiu 1,8, para 99,1 pontos.

"Esse resultado parece confirmar que o setor de serviços continua se beneficiando com as flexibilizações e sendo puxado pelos segmentos que mais sofreram ao longo da pandemia. A expectativa para os próximos meses é de continuidade do cenário positivo caso se confirme uma sustentação da confiança dos consumidores nos próximos meses”, avaliou Rodolpho Tobler, economista do FGV Ibre, em relatório.

Mas economistas já acenderam o sinal de alerta mediante as incertezas que podem dificultar a atividade econômica. Há quem calcule que a expansão do setor de serviços caia à metade em 2021, com possibilidade de estagnação da atividade no ano que vem.

Isso porque a disparada da inflação, que já chega a 10,65% em 12 meses, pressiona o custo das empresas e diminui o poder de compra das famílias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos