Sérvia vai pedir anulação do 2º tempo contra o Brasil, brinca líder do PT na Câmara

Richarlison faz segundo gol contra Sérvia (Foto: Fareed Kotb/Anadolu Agency via Getty Images)
Richarlison faz segundo gol contra Sérvia (Foto: Fareed Kotb/Anadolu Agency via Getty Images)
  • Líder do PT na Câmara dos Deputados, Reginaldo Lopes brinca que Sérvia vai pedir anulação do segundo tempo da partida após perder para o Brasil;

  • O petista faz referência a ação do PL que pediu anulação do segundo turno das eleições, após vitória de Lula (PT) para a Presidência da República;

  • Deputado e equipe do governo de transição assistiram ao jogo no CCBB, em Brasília, onde os trabalhos de ‘troca’ de governo ocorrem.

O deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG), líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara, assistiu ao primeiro jogo da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo do Catar junto com a equipe de transição de governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Brasília.

Lá, em tom de brincadeira, ele comparou a derrota da Sérvia, que perdeu para o Brasil por dois gols a zero, marcados no segundo tempo de jogo, a ação movida pelo PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, que queria anulação dos votos de mais de 280 mil urnas eletrônicas somente no segundo turno.

“A Sérvia vai entrar com pedido na FIFA para anular somente o segundo tempo”, comentou o deputado federal, segundo informações do jornal Correio Braziliense.

A equipe de Lula e o parlamentar acompanharam a partida no Circuito Cultural Banco do Brasil. Reginaldo Lopes estava ao lado do vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), e da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann.

Na segunda metade do jogo, dois gols marcados pelo centroavante Richarlison deram vitória a seleção canarinha e a colocaram na liderança do Grupo G, com três pontos e dois gols de salto. A partida ocorreu no Lusail Stadium, em região vizinha à capital do Catar, Doha.

Presidente eleito, Lula acompanhou a partida de casa, em São Paulo, ao lado da esposa Rosângela da Silva, a Janja. Por recomendação médica, ele não viajou a Brasília. O petista realizou um procedimento cirúrgico na garganta nesta semana.