Servidora aposentada do TJ do Rio, desaparecida desde quarta-feira, é encontrada

·2 minuto de leitura

RIO - A irmã de Geórgea Malato Franco, de 55 anos — que estava desaparecida desde a última segunda-feira, dia 14 — informou na noite desta quarta-feira, dia 16, que a servidora aposentada do TJ do Rio voltou para casa. A postagem foi feita em redes sociais, num agradecimento à polícia e às pessoas que ajudaram nas buscas. No texto, a irmã da oficial de Justiça aposentada não informou onde Geórgea estava ou qual foi o motivo do desaparecimento.

Geórgea desapareceu após sair do prédio onde mora, na Praça Varnhagen, na Tijuca, Zona Norte do Rio, por volta das 11h de segunda-feira, para ir a uma farmácia da região. Segundo parentes, Geórgea iria comprar um remédio e não voltou mais. Familiares lembram que a mulher nunca saia sem avisar a filha, que completou 17 anos nesta terça-feira, dia 15.

Veja o texto postado pela irmã de Geórgea:

"Graças à Deus, a Geórgea voltou. O que em tempo algum saiu do meu coração, aconteceu. A confiança de que minha irmã apareceria. Todo agradecimento que eu verbalizar, jamais será capaz de dar conta de demontrar o tanto que carrego de gratidão no meu coração.

Contamos com o trabalho maravilhoso da DDPA. Equipe primorosa e competente. Deu-nos segurança e confiança. Eu sentia o tempo todo que teríamos êxito.

Queremos agradecer, especialmente, a cada um que se envolveu, se sensibilizou, e se mobilizou. Familiares, amigos, colegas de trabalho, instituições, igrejas, profissionais especializados, Judiciário, órgãos do Poder Executivo, parlamentares, desconhecidos, imprensa que fez matéria, reportagem, entrevista e tudo q era possível fazer. Ninguém parou. Nestes tempos amizades se revelaram... Um agradecimento sem tamanho. Sem vocês não teríamos a nossa Geórgea de volta.

Choramos, preocupamos. Mas, não perdemos a confiança em Deus. O Sagrado Coração de Jesus amparou-nos. O Manto Sagrado de Nossa Senhora Aparecida protegeu a Geórgea.

Hoje, especialmente, precisamos abraçar muito a Geórgea, precisamos e queremos ficar com ela, pertinho. Foi tudo muito traumático. E também precisamos tomar algumas providências. E providências também junto ä DDPA.

Minha família toda agradece imensamente. Com calma, amanhã, vamos conversar com todos e com cada um".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos