Servidores, aposentados e pensionistas do Rio podem voltar a receber no 2º dia útil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Um projeto de lei (nº1989/2020) do vereador e ex-prefeito Cesar Maia, do DEM, quer estabelecer que o pagamento de servidores municipais do Rio, aposentados e pensionistas volte a ser creditado a cada 2º dia útil do mês. O texto irá ser votado na Câmara ainda nesta semana.

Durante o mandato do ex-prefeito Crivella, em 2018, o prazo para que o salário fosse quitado foi alterado para o 5° dia útil. Mas os servidores não aprovaram a mudança e frequentemente reclamavam do adiamento.

Para justificar a proposta, César Maia afirmou que, por vinte e quatro anos consecutivos, os servidores receberam o salário no segundo dia útil do mês subsequente à competência e que a modifição provocou prejuízos à organização financeira:

"Tal alteração acarretou grande desequilíbrio nas datas de pagamento de contas básicas, como água, luz, telefone, gás e compromissos como escolas, cursos e outros assumidos pelos servidores. Acréscimos moratórios, multas e perda de descontos causaram, indiretamente, perdas salariais", alegou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos