Servidores de Belford Roxo fazem vigília na porta da prefeitura para cobrar salários

Camilla Pontes

Servidores da Prefeitura de Belford Roxo estão fazendo, na noite desta quinta-feira (dia 16), uma vigília em frente à sede da prefeitura do município que deve durar até a manhã dessa sexta-feira para cobrar os salários de 2016 que não foram pagos. Os servidores pretendem entregar panfletos para sensibilizar a população sobre a situação.

Segundo os relatos da categoria, há servidores que ficaram sem os salários de outubro, novembro, dezembro e o 13º salário de 2016. A Educação ficou sem o 13º salário e a Saúde ficou seis meses sem os vencimentos daquele ano. Além disso, os servidores reinvindicam um calendário de pagamentos e reajuste salarial.

— O prefeito Waguinho (Wagner dos Santos Carneiro) diz que a dívida não é dele porque os salários estão em dia. Mas a gente não tem um calendário de pagamentos definido, os aposentados recebem por último e não temos uma abertura para negociar o reajuste que não temos há mais de cinco anos. A Assistência Social está sem reajuste há 7 anos e o salário já esta em R$ 1.100, quase o salário mínimo — contou uma servidora que não quis se identificar.

Os aposentados e pensionistas de Belford Roxo deveriam ter recebido em oito parcelas os benefícios atrasados de 2016, mas, de acordo com os relatos, faltam três dessas parcelas.

— A saúde financeira da gente foi toda abalada, o empréstimo virou uma bola de neve. Os aposentados são os mais penalizados, porque são os que mais precisam. Este é uma gestão de opressão, o que podia congelar, congelou, e o que podia tirar, tirou, porque perdemos o vale-alimentação e o vale-transporte e nem reclamar podemos senão, temos o salário suspenso — desabafou a servidora.

O EXTRA está apurando com a Prefeitura de Belford Roxo.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)