Servidores do Degase fazem manifestação nesta quarta-feira

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo

Os servidores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), representados pelo Sind-Degase, farão uma manifestação nesta quarta-feira (dia 27), às 10h, em frente à Secretaria estadual de Educação do Rio (Seeduc). Esse será o segundo ato realizado este mês para cobrar progressões, aumento do auxílio-alimentação, fim do desconto do RAS e liberação da licença-prêmio.

Apesar de ser um órgão de Segurança Pública, o Degase está vinculado à Seeduc por questões orçamentárias.

De acordo com o sindicato, a decisão de realizar a manifestação foi tomada na última segunda-feira, durante uma reunião do secretário de Governo, André Lazaroni, com os diretores do Sind-Degase e do SindSistema, reafirmando a postura do Executivo estadual em não atender às solicitações feitas pelos servidores do Degase e da Seap.

O Degase fez a primeira manifestação, em frente ao Palácio Guanabara, juntamente com o SindSistema, da Seap, para liberação das progressões, que estão em atraso desde 2019 para o Degase, e desde 2018 para a Seap.

Na última semana, o governador Cláudio Castro liberou um aumento no auxílio-alimentação para os servidores da Educação, mas não incluiu o Degase.

O sindicato alega que na ocasião da suspensão da licença-prêmio, o Degase foi considerado pelo estado como parte da Educação, para não usufruir do direito. No entanto, para receber o benefício das progressões e da alimentação, o departamento foi excluído da Seeduc.