Servidores e funcionários da Prefeitura do Rio fazem protesto pelo pagamento dos salários

Camilla Pontes
Protesto de servidores em frente à Prefeitura do Rio

Servidores e funcionários terceirizados da Prefeitura do Rio fizeram uma manifestação, na manhã desta quarta-feira (dia 18), na frente da prefeitura para reivindicar o pagamento da segunda parcela do 13º salário e também os salários atrasados dos trabalhadores das Organizações Sociais da Saúde.

A Secretaria municipal de Fazenda publicou no Diário Oficial do Município desta terça-feira uma resolução determinando a suspensão de todos os pagamentos e movimentações financeiras do Tesouro municipal, até segunda ordem. A Fazenda municipal informou que o cronograma do pagamento foi reajustado, mas não disse qual será a nova data.

O pagamento do 13º salário dos mais de 176 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas do município não foi feito no dia 17, conforme o anúncio do prefeito Marcelo Crivella feito no início do mês. Por determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RJ), foram arrestados das contas do Tesouro R$ 224 milhões até esta terça-feira, destinados para o pagamento dos trabalhadores das Organizações Sociais da Saúde. Alguns desses funcionários ainda não rcebeu os salários atrasados.

O grupo se deslocou para o Palácio da Cidade, em Botafogo, onde estava o prefeito Marcelo Crivella e sua equipe, mas não foi recebido pela equipe de Crivella.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)