Sete dias para definição em Israel

O parlamento israelense abriu a porta para possíveis mudanças de direção ao dar uma semana antes do voto decisivo de confiança para a coalizão heterogênea que pode encerrar os 12 anos de Benjamin Netanyahu no comando do país. Nesta segunda-feira, presidente da Câmara, Yariv Levin, anunciou que vai usar os sete dias exigidos por lei, 'até segunda-feira, 14 de junho', para organizar a consulta formal, sem fixar uma data.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos