Sete em cada dez brasileiros que pedem adiantamento usam valores para comprar comida, diz estudo

Um levantamento feito pela empresa de benefícios ValeCard mostrou que 88,31% dos trabalhadores que pediram antecipação de salário entre janeiro, fevereiro e março de 2022 usaram os valores com itens de necessidade básica, como comida e medicamentos.

Leia também:

A pesquisa usou como base 68 mil transações feitas no primeiro trimestre por 18 mil usuários do cartão da empresa específico para antecipação de salário e aceito em rede credenciada. A sondagem que 74,18% das transações foram realizadas em estabelecimentos de alimentação e mercearia, enquanto 14,13% foram para pagar combustíveis e 7,37% para custear itens de farmácia.

A pesquisa também comparou o valor médio gasto pelos usuários nos últimos anos. Os dados mostraram que em média os gastos com alimentação e mercearias aumentaram 24,64%, desde 2020. No caso dos combustíveis, o aumento foi de 53,90%, em comparação com o primeiro trimestre de 2021.

Viu essa?

– Um dos nossos produtos é justamente o adiantamento salarial, com um cartão específico para que as empresas não precisem tirar do fundo de caixa os valores para atender as necessidades do funcionário. Tivemos um insight de entender como está se dando o comportamento de consumo nesse pós-pandemia – explica Virgilio Costa, gerente de Marketing da companhia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos