Sete pessoas são encontradas mortas no Complexo do Salgueiro, onde PM foi assassinado

·1 min de leitura

RIO — Pelo menos sete pessoas foram encontradas mortas, na manhã desta segunda-feira, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. As vítimas foram encontradas numa área de mangue, segundo o "Bom Dia Rio", da TV Globo. Os próprios moradores estão fazendo a retirada dos corpos.

No ultimo sábado, o sargento da PM Leandro Rumbelsperger da Silva, de 40 anos, foi morto a tiros durante um patrulhamento na comunidade. Segundo informações da polícia, criminosos dispararam contra os militares do 7º BPM (São Gonçalo).

Em entrevista ao telejornal, nesta manha, o porta-voz da Polícia Militar, major Ivan Blaz, disse que havia uma ocupação do 7º BPM na região.

— Nós tínhamos uma ocupação do 7º BPM motivada para estabilizar a região após denúncias de bandidos estarem fazendo o uso de escolas, inclusive, para o tráfico. Após a morte do sargento, o Bope foi para a região. Houve vários confrontos durante o final de semana na área do mangue. Tivemos a apreensão de vários materiais usados em combate. Deduzimos que houve inúmeros feridos entre policiais e traficantes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos