Sete táticas para combater o inchaço e a retenção de líquido

Karina Hollo
·4 minuto de leitura

Mesmo depois uma noite bem dormida, o inchaço matinal incomoda? No fim do dia, as pernas ficam pesadas? “Durante o sono, o sistema linfático fica mais lento e, sendo ele o responsável pela absorção de líquido das células, podemos inchar. Além disso, há influência da alimentação, de bebidas alcoólicas, remédios, alterações hormonais, posição de dormir, sedentarismo e até causas genéticas”, explica a dermatologista Paola Pomerantzeff, de São Paulo. Acrescente a esses fatores o contexto da pandemia (o distanciamento social e as medidas restritivas têm feito as pessoas se movimentarem menos) e finalize com os comes e bebes da Páscoa. Resultado: inchaço na certa.

Na parte da manhã, o edema costuma aparecer no rosto. “Quando estamos deitados, a face fica no nível do coração. Portanto, a drenagem dos líquidos não sofre o auxílio da gravidade”, explica Leonardo Stambowsky, especialista em Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro. No fim da tarde, acumula-se nas pernas e nos pés. “No calor, os vasos sanguíneos dilatam. Isso faz com que uma quantidade maior de líquidos saia de dentro dos vasos para os tecidos, causando o inchaço”, diz a dermatologista Fabiana Seidl, do Rio de Janeiro.

Não ficar longos períodos em pé ou sentada e fazer refeições com pouco sódio amenizam: “Deitar-se e levantar as pernas é uma medida eficaz”, ensina Leonardo. A seguir, setes dicas para atenuar esse quadro.

Beba muita água

“Ingerir água é fundamental para regular a temperatura corporal e a quantidade de líquido no corpo”, diz Fabiana. “O aumento da diurese elimina, além de líquido, eletrólitos, como o sódio, que aumentam o edema”, emenda Leonardo. Água de coco é uma boa opção, assim como chás, principalmente aqueles com propriedade diurética, como o de cavalinha e o de hibisco.

Pratique exercícios

Colocar as pernas para cima com a ajuda de almofadas por 20 minutos, diariamente, ajuda a eliminar o cansaço e o inchaço de pernas e pés. Porém, corpo em movimento é corpo saudável. E uma boa caminhada ajuda a bombear o sangue de volta ao coração, diminuindo a sensação de fadiga. Exercícios na água, como hidroginástica e natação, também são benéficos e fazem uma espécie de ginástica linfática.

Prefira a água fria

Ela ajuda a diminuir o edema. Vale apostar também em um sabonete específico para seu tipo de pele, de preferência com extratos botânicos com ação anti-inflamatória e calmante, como a camomila e a erva doce. Outra dica: deixe a água termal na geladeira e borrife pela manhã para descongestionar o rosto. “A temperatura fria refresca e tem ação vasoconstritora, reduzindo bolsas sob os olhos, por exemplo”, explica Paola.

Durma de frente

Enfiar a cara nos travesseiros e dormir de bruços pode ser uma posição confortável para você, mas anote aí: é inchaço matinal na certa! Ao se olhar no espelho assim que levantar, é bem provável que perceba a face com aquele ar de quem “acabou de acordar”. O ideal é elevar a cabeça com mais de um travesseiro e passar a noite de barriga para cima. Bônus: esse hábito inclusive evita a formação de rugas no rosto e no colo.

Invista em vegetais

Coloque na lista couve, brócolis e couve-flor. “Esses vegetais ajudam a eliminar toxinas beneficiando o corpo na diminuição do inchaço”, diz Paola. “Dentro de casa, por conta da pandemia, as pessoas acabam descuidando muito da alimentação e consomem mais produtos enlatados e processados, ricos em sódio”, alerta. Lembre-se de controlar a quantidade de sódio nas refeições e fique de olho em sucos de caixinha e em refrigerantes.

Use face rollers

Que tal deixar os rolinhos de jade na geladeira? A temperatura fria promove vasoconstrição e ajuda a diminuir o inchaço. Já os movimentos auxiliam na eliminação do líquido em excesso pelo sistema linfático. “Sou fã de rollers para animar a pele”, diz a fonoaudióloga e criadora da técnica Masc Facial Alessandra Scavone, de São Paulo. Ela indica o de jade para atenuar olheiras e linhas finas e o de quartzo rosa para reduzir toxinas e dimininuir o inchaço.

Aposte na drenagem

A técnica ajuda na eliminação do excesso de líquidos nos tecidos corporais, incluindo o rosto. “A face também pode receber compressas geladas”, ensina Fabiana. É importante ressaltar que o edema pode ser sinal de alguma doença mais séria, como insuficiência cardíaca, insuficiência renal, cirrose hepática e hipotireoidismo. É muito importante procurar atendimento médico caso o inchaço seja muito grande, fugindo do padrão habitual.

Automassagem para fazer em casa

Pedimos à massoterapeuta Renata França, que tem a cantora Anitta como cliente, para ensinar uma técnica que amenize o inchaço dos pés.

1. Sentada, pressione a região que fica atrás do osso do tornozelo por 3 vezes.

2. Contorne esse osso com as pontas dos dedos e, com as duas mãos, faça movimentos de drenagem. Repita 8 vezes.

3. Pressione a parte de trás dos joelhos por 3 vezes.

4. Vire a planta do pé e, com a ponta dos dedos, faça leves movimentos, começando no vão dos dedos e seguindo pelo peito do pé. Repita 3 vezes.

5. Abrace o pé com as palmas das mãos e faça movimentos que saem das pontas dos dedos, do tornozelo e em em direção ao joelho. Repita 5 vezes.