Setor privado da Eurozona registra maior nível em quase seis anos

O setor privado na Eurozona progrediu em março e registrou o maior nível em quase seis anos

O setor privado na Eurozona progrediu em março e registrou o maior nível em quase seis anos, de acordo com a primeira estimativa da empresa de consultoria Markit.

"O acelerador da economia da zona do euro esteve ainda mais ativo em março, já que a atividade empresarial e a contratação cresceram ainda mais", disse o economista Chris Williamson, para quem o PIB pode fechar o primeiro trimestre em alta de 0,6%.

O índice PMI, elaborado pela Markit com base em dados divulgados por 5.000 empresas dos setores de serviço e manufatureiro, ficou em março em 56,7 pontos, contra 56,0 em fevereiro, nos 19 países da União Europeia que têm o euro como sua moeda.

Um índice superior a 50 reflete um avanço da atividade, enquanto um índice inferior indica o recuo.