Setor turístico tem montra global no World Travel Market

Depois do duro golpe da pandemia, a indústria global do turismo tem conhecido uma recuperação constante e tem aqui, no World Travel Market (WTM) de Londres, uma montra de luxo e também um fórum para discutir os próximos desafios.

Juliette Losardo, diretora de exposições do WTM, diz: "Temos um tempo para nos sentarmos à mesa e perguntar como podemos fazer as coisas de forma diferente e como famos fazer as coisas no futuro. As pessoas agora trazem mais para a discussão temas como a sustentabilidade".

As pessoas agora trazem mais para a discussão temas como a sustentabilidade.

O turismo teve um forte crescimento este verão, com um grande aumento na procura. O turismo global chegou a quase 60% dos níveis pré-pandémicos, entre janeiro e julho deste ano. Estima-se que mais de 470 milhões de pessoas tenham viajado para o estrangeiro durante esse período, com a Europa e o Médio Oriente a mostrarem as maiores recuperações.

Novos desafios para o setor

São muitos os desafios que a indústria enfrenta neste momento. Vão da crise económica e energética às catástrofes climáticas, passando pela flutuação nas taxas de câmbio. Desafios que provam a necessidade de união no setor.

Diz o ministro do Turismo da Bulgária, Ilin Dimitrov: "Vamos enfrentar todos esses desafios, porque falamos a uma só voz. é preciso mudar a perceção do turismo e a forma como oferecemos este serviço".

Com este salão a acontecer ao mesmo tempo que a COP27, no Egito, a indústria turística está focada em cumprir os compromissos assumidos quanto à sustentabilidade.

"Estamos a trabalhar no turismo verde, porque é importante e é algo que vai ao encontro das necessidades do consumidor, porque depois da Covid, todos querem ecoturismo. É uma das nossas prioridades e é algo que vai estar no roteiro no qual estamos a trabalhar", diz Fatim-Zahra Ammor, ministra do Turismo de Marrocos.

A recuperar da pandemia e a enfrentar grandes novos desafios, a indústria turística mundial mostra-se mais unida que nunca aqui, no World Travel Market de Londres.