Seu Instagram pode ajudar a dizer se você sofre de depressão

Pixabay

As fotos que você posta na internet podem dizer mais sobre você do que você imagina.  Um estudo divulgado nesta semana pela EPJ Data Science, uma associação europeia, mostra que o padrão de comportamento de uma pessoa no Instagram pode indicar se ela sofre ou não de depressão.

A pesquisa, elaborada por Andrew Reece e Christopher Danforth, analisou mais de 40 mil postagens na rede social de 166 usuários, entre eles, alguns que enfrentavam a doença. E os resultados mostraram que o método criado conseguiu identificar como anda a saúde mental de alguém melhor do que os existentes atualmente.

A primeira coisa percebida pelos pesquisadores foi que as cores de fotos postadas por indivíduos depressivos tinham mais tons de cinza e preto. “Usuários deprimidos do Instagram na nossa amostra tinham preferência por filtros que removem todas as cores de uma foto”, dizem os responsáveis pelo estudo.

Eles conseguiram identificar também que nas fotos esses usuários apareciam cercados por menos pessoas. “Usuários deprimidos tinham mais chances de postar fotos com rostos, mas tendiam a postar menos rostos por foto. Essa descoberta pode ser um indicador de que usuários deprimidos interagem em cenários sociais menores, ou, pelo menos, escolhem compartilhar apenas experiências desse tipo nas redes sociais”, contam.

Quem sofre de depressão também costuma postar menos. Segundo Reece e Danforth, quanto mais uma pessoa demora a postar, menos feliz com sua vida ela está.