Sexo sem camisinha fez ex-BBB ser ameaçada pela equipe do reality

·3 min de leitura
Talita Araújo participou do BBB15 e atualmente vive em Dublin, na Irlanda

Resumo da Notícia:

  • Talita Araújo participou do BBB15 e teve um affair com Rafael Licks

  • A ex-BBB disse que transou sem camisinha algumas vezes no reality show da Globo

  • A produção a ameaçou de expulsão pelo fato dela pedir pílula do dia seguinte

Talita Araújo passou anos sofrendo com o apedrejamento virtual por ter transado sem camisinha com Rafael Licks no BBB15. Em entrevista ao UOL, ela revelou que levou bronca da produção do reality show e ainda foi ameaçada de ser expulsa caso não parasse com seu comportamento dentro do confinamento.

O motivo da bronca foi o fato de Talita ter pedido pílula do dia seguinte em duas ocasiões, em um curto período de tempo. Como o protocolo médico orienta as mulheres a darem um intervalo de seis meses entre as pílulas, ela precisou ser examinada por uma médica nos bastidores do confinamento para saber se ela havia engravidado ou contraído algum tipo de doença.

"O problema foi que eu pedi duas vezes seguidas. Muita gente não sabe, mas tudo o que precisamos fica numa despensa da casa. E tem uma porta com uma tranca. A produção é que tem o controle dessa tranca. Quando a gente esquentou para irmos aos finalmentes, essa porta foi trancada propositalmente ou não. E a gente não parou. Foi por isso que essa segunda vez aconteceu sem proteção", comentou ela.

"Um dos produtores do programa ficou muito irritado com essa história toda. Ele falou, 'a gente não é babá e não quero mais escutar história de camisinha, anticoncepcional, pílula do dia seguinte. Quero que você vá lá para fora e acabou essa história. Não quero mais escutar um pio sobre isso, senão eu mesmo te elimino do programa'", acrescentou.

O episódio trouxe diversos prejuízos à ex-BBB. Assim que foi eliminada do programa, ela perdeu o emprego e desistiu do sonho de ser piloto de avião. O público a xingou de diversos nomes, a acusou de querer dar o "golpe da barriga" e que ela teve sua autoestima abalada com o julgamento das pessoas.

"Não é de hoje que mulheres são julgadas em reality shows pela postura delas. Os homens fazem muito pior e ninguém fala nada. Conheci alguém, me diverti e tive relação sexual. Fui muito julgada por isso. Ouvi barbaridade sobre a minha relação lá dentro pelo Rafael ser um padrão de príncipe encantado. Fui chamada desde puta e vagabunda até interesseira que queria dar o golpe da barriga - coisas que nenhuma mulher deveria escutar. Eu sou dona e proprietária do meu corpo", disse.

Atualmente, Talita vive em Dublin, na Irlanda e trabalha em um Pub. Recentemente, foi promovida de garçonete a gerente e afirma que não faz planos de voltar a viver no Brasil. Na entrevista, ela relatou que foi vítima de assédio por parte de um cliente, que acabou expulso do estabelecimento.

"Não vou mais tolerar nenhum tipo de assédio na minha vida. O cara passou a mão na minha bunda. Eu virei e falei, excuse me, sir [com licença, senhor]? O senhor passou a mão na minha bunda. Se o senhor triscar a mão em mim eu te mato aqui nesse lugar. E falei para o segurança colocar ele para fora porque ele estava incomodando", declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos