Sexto caso de febre amarela é confirmado no Estado do Rio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um caso de febre amarela foi confirmado nesta segunda-feira (27) pela Secretaria Estadual de Saúde na cidade de São Fidélis, na região norte do Estado do Rio de Janeiro. A secretaria não informou o estado de saúde do paciente diagnosticado, nem quaisquer dados pessoais.

Com a confirmação, São Fidélis é o segundo município do Estado a registrar a ocorrência da doença. Cinco casos foram confirmados em Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea, onde houve uma morte por febre amarela.

Segundo a secretaria, teve alta hoje do Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião o morador de Casimiro de Abreu Jairo Bochorny, que estava internado desde semana passada.

Em sua página na internet, a Prefeitura de São Fidélis informa que o paciente é um jovem, morador da localidade de Vila dos Coroados. Ele teria adquirido a doença em um acampamento em Santa Maria Madalena, nos arredores do Parque dos Desenganos.

O paciente chegou a ser internado no Hospital Armando Vidal, em São Fidélis, no último dia 16. Ele apresentava febre e dores no corpo, mas se recuperou e teve alta na última sexta-feira (24). Segundo a prefeitura, ele passa bem.

VACINAÇÃO NA CAPITAL

A vacinação contra a febre amarela começou nesta segunda-feira em 233 unidades de saúde na capital fluminense, onde a vacina passa a fazer parte da rotina de imunização. A campanha está sendo feita em mais 64 municípios do Estado realizam a campanha.

Desde o início do ano, o município do Rio já havia imunizado 400 mil pessoas até sábado (25), quando houve uma mobilização que conseguiu vacinar 213 mil pessoas em centros municipais de saúde e clínicas da família.